Fechar

Política de Cookies

Seção 1 - O que faremos com esta informação?

Esta Política de Cookies explica o que são cookies e como os usamos. Você deve ler esta política para entender o que são cookies, como os usamos, os tipos de cookies que usamos, ou seja, as informações que coletamos usando cookies e como essas informações são usadas e como controlar as preferências de cookies. Para mais informações sobre como usamos, armazenamos e mantemos seus dados pessoais seguros, consulte nossa Política de Privacidade. Você pode, a qualquer momento, alterar ou retirar seu consentimento da Declaração de Cookies em nosso site.Saiba mais sobre quem somos, como você pode entrar em contato conosco e como processamos dados pessoais em nossa Política de Privacidade.

Seção 2 - Coleta de dados

Coletamos os dados do usuário conforme ele nos fornece, de forma direta ou indireta, no acesso e uso dos sites, aplicativos e serviços prestados. Utilizamos Cookies e identificadores anônimos para controle de audiência, navegação, segurança e publicidade, sendo que o usuário concorda com essa utilização ao aceitar essa Política de Privacidade.

Seção 3 - Consentimento

Como vocês obtêm meu consentimento? Quando você fornece informações pessoais como nome, telefone e endereço, para completar: uma solicitação, enviar formulário de contato, cadastrar em nossos sistemas ou procurar um contador. Após a realização de ações entendemos que você está de acordo com a coleta de dados para serem utilizados pela nossa empresa. Se pedimos por suas informações pessoais por uma razão secundária, como marketing, vamos lhe pedir diretamente por seu consentimento, ou lhe fornecer a oportunidade de dizer não. E caso você queira retirar seu consentimento, como proceder? Se após você nos fornecer seus dados, você mudar de ideia, você pode retirar o seu consentimento para que possamos entrar em contato, para a coleção de dados contínua, uso ou divulgação de suas informações, a qualquer momento, entrando em contato conosco.

Seção 4 - Divulgação

Podemos divulgar suas informações pessoais caso sejamos obrigados pela lei para fazê-lo ou se você violar nossos Termos de Serviço.

Seção 5 - Serviços de terceiros

No geral, os fornecedores terceirizados usados por nós irão apenas coletar, usar e divulgar suas informações na medida do necessário para permitir que eles realizem os serviços que eles nos fornecem. Entretanto, certos fornecedores de serviços terceirizados, tais como gateways de pagamento e outros processadores de transação de pagamento, têm suas próprias políticas de privacidade com respeito à informação que somos obrigados a fornecer para eles de suas transações relacionadas com compras. Para esses fornecedores, recomendamos que você leia suas políticas de privacidade para que você possa entender a maneira na qual suas informações pessoais serão usadas por esses fornecedores. Em particular, lembre-se que certos fornecedores podem ser localizados em ou possuir instalações que são localizadas em jurisdições diferentes que você ou nós. Assim, se você quer continuar com uma transação que envolve os serviços de um fornecedor de serviço terceirizado, então suas informações podem tornar-se sujeitas às leis da(s) jurisdição(ões) nas quais o fornecedor de serviço ou suas instalações estão localizados. Como um exemplo, se você está localizado no Canadá e sua transação é processada por um gateway de pagamento localizado nos Estados Unidos, então suas informações pessoais usadas para completar aquela transação podem estar sujeitas a divulgação sob a legislação dos Estados Unidos, incluindo o Ato Patriota. Uma vez que você deixe o site da nossa loja ou seja redirecionado para um aplicativo ou site de terceiros, você não será mais regido por essa Política de Privacidade ou pelos Termos de Serviço do nosso site. Quando você clica em links em nosso site, eles podem lhe direcionar para fora do mesmo. Não somos responsáveis pelas práticas de privacidade de outros sites e lhe incentivamos a ler as declarações de privacidade deles.

Seção 6 - Segurança

Para proteger suas informações pessoais, tomamos precauções razoáveis e seguimos as melhores práticas da indústria para nos certificar que elas não serão perdidas inadequadamente, usurpadas, acessadas, divulgadas, alteradas ou destruídas.

Seção 7 - Alterações para essa política de privacidade

Reservamos o direito de modificar essa política de privacidade a qualquer momento, então por favor, revise-a com frequência. Alterações e esclarecimentos vão surtir efeito imediatamente após sua publicação no site. Se fizermos alterações de materiais para essa política, iremos notificá-lo aqui que eles foram atualizados, para que você tenha ciência sobre quais informações coletamos, como as usamos, e sob que circunstâncias, se alguma, usamos e/ou divulgamos elas. Se nosso site for adquirido ou fundido com outra empresa, suas informações podem ser transferidas para os novos proprietários para que possamos continuar a vender produtos e serviços para você

Veja nossos planos

A contabilidade da sua empresa de um jeito simples e prático!

Publicado em 30 de maio de 2022
Jornal Contábil

Hoje o número de empresas inadimplentes é elevado no Brasil. Por conta disso, há uma grande preocupação com o que essa situação pode resultar para os empresários: a negativação e o baixo score. Veja neste artigo como fazer consulta CNPJ para verificar possíveis pendências de seu negócio.  

É válido lembrar que com a situação de devedora, a empresa inadimplente não consegue fazer empréstimos em bancos e nem financiar imóveis.

Logo é de grande importância manter a saúde financeira de sua empresa. Para isso, além de consultar as pendências é preciso fazer uma gestão fiscal, financeira e contábil eficiente. Uma forma de conseguir bons resultados na gestão empresarial é usar um sistema ERP online grátis. Os benefícios vão desde a emissão de boletos e notas fiscais até a possibilidade de fazer contabilidade em tempo real. 

Neste artigo vamos abordar os temas:

Dívidas no CNPJ prescrevem?

Importância de um ERP para ajudar na gestão empresarial.

É importante consultar o CNPJ?

O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) é a numeração que identifica uma determinada empresa, ou como conhecemos, a pessoa jurídica. Se formos comparar, o CNPJ é para a pessoa jurídica o que, o CPF, é para a pessoa física. 

Então, se você quer saber como está a situação do seu negócio, vai precisar apenas fazer uma consulta por meio do número do seu CNPJ.

Note que essa é a forma mais simples e rápida que o responsável pela parte administrativa da empresa tem de saber quais são as dívidas e pendências existentes no CNPJ, para assim poder buscar uma forma de regularizar essa situação.

Consultar CNPJ grátis

O que muita gente não sabe, é que essa consulta pode ser feita de forma gratuita e online, o que significa que você não vai perder o seu tempo em filas na Receita Federal.

Consultar CNPJ é um hábito de quem tem uma empresa, seja para avaliar os dados de cadastro, ou para informar que o negócio está ativo.

Um ponto que vale ser destacado, é que ter transparência nas informações fornecidas, pode ser muito bom para que você aprenda a selecionar bons parceiros, o que vai te ajudar a evitar cair em golpes ou em irregularidades fiscais.

Então, se você quer que a sua empresa esteja ativa no mercado, sendo bem reconhecida, você precisa manter o “nome limpo”. Ou seja, quitar todas as dívidas, isso vai evitar problemas e consecutivamente te dar mais tempo para cuidar de outras coisas.

Para fazer isso, o ideal é que você tenha um planejamento com as suas entradas e saídas, assim você terá um controle maior dos seus gastos.

Agora que você já entendeu porque é importante consultar o CNPJ do seu negócio, vamos entender como consultar as dívidas. Veja a seguir!

Como consultar as dívidas do CNPJ?

Existem 7 maneiras de consultar as dívidas do seu CNPJ. Confira!

1. Consulta de dívida ativa no CNPJ

A dívida ativa, nada mais é do que um cadastro dos governos municipais, estaduais ou federais. Nele, estão reunidas todas as informações de todos os débitos pendentes de uma pessoa física ou jurídica. 

Caso o proprietário do CNPJ não pague a dívida, isso pode levar ao cancelamento do CNPJ e até mesmo a impossibilidade da empresa operar.

Para fazer a consulta e imprimir o guia de pagamento de uma dívida ativa, você vai precisar entrar em contato com o Ministério ou Secretaria da Fazenda da sua região.Também existe a possibilidade de fazer a consulta através do site do órgão responsável.

Outra forma de consultar a dívida, é através do app “Dívida Aberta”, desenvolvido pela Serpro e PGF (Procuradoria Geral da Fazenda) e disponível para download em celulares Android e iOS.

Na tentativa de facilitar para que você possa regularizar a sua dívida, o Governo Federal criou o Programa Especial de Regularização Tributária (PERT). O programa oferece descontos para a quitação da dívida ativa, além de condições de parcelamento em até 180 meses.

2. Consultar dívida do CNPJ pelo CADIN

O CADIN, também conhecido como Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal, é um banco de dados onde ficam registradas as dívidas de pessoas físicas e jurídicas em órgãos federais.

Se uma empresa tem pendências financeiras em órgão públicos, isso pode impedir que ela receba incentivos fiscais e financeiros.

Caso você queira regularizar a sua situação, será necessário acessar o site do Banco Central, ir na opção Registrato PJ e fazer a solicitação de cadastro. Feito isso, você vai acessar o Sisbacen com o login e senha que você cadastrou, para poder emitir um relatório completo da sua dívida e o boleto de pagamento.

3. Consultar dívida do CNPJ MEI

Quando você abre um MEI (micro empreendedor individual), você passa a ter a obrigação de pagar o DAS (documento de arrecadação do simples nacional). Isso é uma contribuição para a Seguridade Social.

Essa contribuição vai te garantir alguns benefícios, como a aposentadoria e o auxílio maternidade. Caso você não faça o pagamento do DAS, além de acumular jurus durante o período em que estiver atrasado, isso pode levar até ao cancelamento do seu CNPJ.

Para fazer a consulta da dívida, você só precisa ir até o Portal do Empreendedor e acessar a área de “serviços”. Em seguida deve ir na opção “Pague a contribuição mensal”, para poder ter acesso às guias de recolhimento que estão em aberto e poder imprimir o boleto de pagamento.

4. Consulta do CNPJ de dívida do FGTS

Para que o empregador tenha um bom relacionamento com os órgãos da Administração Pública, é necessário estar em dia com o pagamento do FGTS dos colaboradores.

Para consultar e regularizar a situação da empresa de forma online, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal, lá também é possível fazer o parcelamento dos débitos. Caso a sua empresa não tenha  o certificado digital, basta fazer a solicitação em uma agência física da Caixa Econômica Federal.

5. Consulta do CNPJ de dívidas com o INSS

Tanto quanto os exemplos anteriores, estar em dívida com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) pode levar ao cancelamento do CNPJ. Por isso, a Certidão Negativa do INSS é de extrema importância para a sua empresa, ela garante que você está em dia com a previdência.

No site da Receita Federal você consegue consultar as dívidas e emitir a Certidão Negativa. Basta ir na opção “Serviços”, depois em “Certidões e Situação Fiscal” e por último em “Certidão Negativa de Débito”. Se houver algum débito, é só emitir a guia de pagamento no próprio site.

6. Consultar dívidas na Serasa

No caso da Serasa, você pode consultar se o seu CNPJ está negativado e quais são os débitos pendentes, através do Serasa Recupera PJ.

Na hora de fazer a consulta, basta informar os dados de contato pessoal e da empresa consultada. O portal permite também a renegociação da dívida diretamente com os credores, além de canais de atendimento disponíveis para a renegociação.

7. Como fazer a consulta do seu CNPJ em relação a dívidas trabalhistas

Para evitar prejudicar a reputação do negócio e possíveis negociações de parcerias, você também deve evitar ter pendências com a Justiça do Trabalho. É por isso que você deve emitir a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas, ela garante que a sua empresa está cumprindo todas as obrigações legais e judiciais.

Para consultar, você vai precisar acessar o site do TST (Tribunal Superior do Trabalho), em seguida clicar em “Serviços” e por último em “Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas”. A certidão fornece relatório completo de todos os processos da empresa no período.

Dívidas no CNPJ prescrevem?

Assim como acontece com a pessoa física, quando uma empresa tem o seu CNPJ incluído nos órgãos de proteção ao crédito ela fica negativada. Como consequência disso, a empresa passa a ter mais dificuldades de acesso a situações que são muito importantes para o crescimento do negócio. Podemos citar como exemplo, o aluguel de imóveis e o acesso ao crédito.

Apesar do que muita gente pensa, após 5 anos da data de negativação do CNPJ, não é que a dívida prescreve ou deixe de existir. Ou seja, elas apenas são retiradas do banco de dados de inadimplência, mas o credor ainda pode cobrá-las, inclusive os juros continuam correndo.

A dívida também pode ser cobrada por ações judiciais, que podem levar ao bloqueio das contas correntes da empresa através de ordem judicial e, a depender do caso, à penhora de bens do proprietário, além de ser cadastrado nos  bancos de inadimplentes.

Por isso, é sempre importante tentar fazer a renegociação da dívida, isso vai tirar a empresa do negativo e evitar maiores problemas.

Conclusões  

Como vimos no texto acima, fazer a consulta do CNPJ é mais simples do que se imagina, mas o que também não podemos deixar de levar em consideração, é a importância de se manter em dia com os pagamentos.

Ter dívidas no seu CNPJ pode atrapalhar e muito a sua vida, além de trazer prejuízos e mais gastos para o seu negócio.

Então, tente sempre manter as contas em dia e se precisar de uma ajudinha a tecnologia está aí a sua disposição, hoje existem plataformas online que permitem o uso de funcionalidades e benefícios aos empresários, como é o caso do software de gestão ERP online grátis.

Fonte: Fox Manager

Compartilhe nas redes sociais
Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias